Receba a nossa newsletter com as histórias de Lisboa 🙂

Publicado emUm ponto é tudo

Lauro António, dos nossos

O texto, há semanas aqui publicado, Lauro António abriu-o, assim: “Nunca foi escrita a sério a história do cineclubismo em Portugal e é uma tarefa que urge empreender, enquanto alguns dos seus principais dirigentes ainda se encontram vivos e com hipóteses de recordarem os aspectos mais marcantes dessa história.” A palavra: urge. Um velho sábio, […]