Mensagem é um jornal independente e não está ligado a nenhum grupo de comunicação social ou organização social.

Esta publicação digital e comunitária foi fundada por um grupo de jornalistas, jovens e experientes, e é detida por uma empresa, A Mensagem da Brasileira, da qual fazem parte Catarina Carvalho, Ferreira Fernandes, João Marecos e A Brasileira do Chiado.

Esta missão de dedicar-se à Lisboa, nasceu da confluência de interesse sobre o jornalismo local deste grupo de jornalistas e a vontade o grupo empresarial, o Grupo O Valor do Tempo de dinamizar o café A Brasileira do Chiado, onde fica a “sede emocional” da Mensagem.

A Mensagem recebeu até agora várias apoios. Aqui está a lista:

  • Bolsa inicial de 30 mil euros do Facebook Journalism Project, e bolsa de 3 mil euros para o acelerador para subscrições.
  • Apoio anual para utilizar o Newspack – o projeto da Google com a WordPress para sites de editores locais e hiperlocais, no valor de 6 mil euros.
  • Bolsa de 12 mil euros da NewsSpectrum para o projeto de Jornalismo em Crioulo – com a jornalista Karyna Gomes.
  • Bolsa de 25 mil euros para entrar no Start Ups Lab da Google News Initiative.
  • Bolsa de 36 mil euros para um projeto de jornalismo de Cidadania do Programa Cidadãos Ativos das EEA Grants gerido pela Fundação Calouste Gulbenkian, a par com a Associação Passa Sabi.

A Mensagem recebe também donativos dos seus leitores e membros. Aqui, a página do apoio e como funciona.

A Mensagem trabalha com a Folha de São Paulo e o jornal suíço 24 Heures, com os estudantes da área de Jornalismo da FCSH da Universidade Nova de Lisboa e com os do curso de ilustração da Lisbon School of Design – LSD, com o projeto de vídeo People of Lisbon, do irlandês Stephen O’Regan, com a Associção Vizinhos em Lisboa, que coordena as páginas de vizinhos de vários bairros, no Facebook, uma tendência cada vez mais importante e com a qual iremos trabalhar.

Com a Câmara Municipal de Lisboa temos uma parceria com o Arquivo Municipal de Lisboa, na área fotográfica, e o acesso à base de dados fotográfica da Câmara Municipal de Lisboa – não recebemos qualquer apoio monetário ou de pátrocínio ou de publcidade.

Qualquer dúvida que queira ver esclarecida pode colocar aqui: