Receba a nossa newsletter com as histórias de Lisboa 🙂

Publicado emO Rossio na Betesga

O inferno da Av. de Ceuta

A farmácia Amparo é o pé limpo de um corpo sujo. Como este, outros corpos da avenida de Ceuta: são os prédios agarrados às encostas, os casebres eivados de fios eléctricos antigos, nos telhados as antenas parabólicas quais chapéus usados, e em todos os corpos a necessidade de se agarrarem a alguma coisa. Lembram afogados […]