Publicado emCidade

Lembram-se do Bruno Candé?

Olá, vizinhos! Há um ano por esta altura Lisboa estava incrédula com o crime que acabava de ser cometido em Moscavide: Bruno Candé, morto por um vizinho, à queima roupa. A face mais crua do racismo, em quatro tiros que acabam com uma vida, acordou a cidade para um tema difícil. E o debate acirrou-se. […]