Ilustração: Nuno Saraiva

Receba a nossa newsletter com as histórias de Lisboa 🙂

Decidimos em assembleia de condóminos entregar a tarefa da limpeza do condomínio a uma empresa profissional, mas, na verdade, pouco sabemos acerca das nossas obrigações para com essa empresa e sobre o que devemos exigir da sua prestação de serviços.

Entregar a limpeza regular do condomínio a uma empresa externa é uma decisão comum. Assegurar que se realiza a limpeza, que deverá ser rigorosa, eficaz e segura, dos espaços comuns é uma das obrigações da administração do condomínio.

Um condomínio limpo ajuda na conservação e durabilidade da estrutura do edifício, bem como afasta doenças que podem vir a afetar todos aqueles que compartilham esse ambiente, sobretudo nos tempos que correm…

 “O seguro morreu de velho e o prevenido ainda cá anda”: antes de contratar a empresa, há que indagar e verificar

Certifiquem-se de que a empresa está legalizada. Introduzam o nome no sítio do Instituto dos Registos e do Notariado. A base de dados diz, pelo menos, se o nome existe. Caso restem dúvidas, peçam na conservatória do registo comercial da área uma fotocópia não certificada, com informação da empresa. Esta informação pode ser pedida online, presencialmente ou por correio.

Confirmem se a empresa tem seguro de responsabilidade civil contratado, para garantia dos danos causados a terceiros, resultante do exercício da atividade.

Definam os serviços a contratar, tendo em conta as necessidades do condomínio: montantes disponíveis, dimensão do prédio, quantidade e natureza das partes comuns.

Para que a segurança dos condóminos não seja colocada em causa, a administração deverá averiguar sobre a especialização dos funcionários responsáveis por esta tarefa, os métodos de limpeza e os produtos utilizados.

A utilização de sinalética apropriada que indique que o piso pode estar escorregadio ou molhado é outro ponto que deverá ser verificado e que é frequentemente esquecido.

Para além de conhecer os produtos de limpeza que a empresa utiliza, devem informar-se sobre o correto acondicionamento do material e a sua arrumação em local apropriado, fechado e seguro, longe da humidade, do calor excessivo e do alcance das crianças. 

A administração do condomínio tem um papel ativo

Independentemente do tamanho do condomínio, para se manter as diferentes áreas comuns sempre limpas, é muito importante, para além de bons profissionais, ter um planeamento das limpezas, com um calendário e lista de tarefas para otimizar tempo e trabalho, e produtos adequados a cada processo. Estas tarefas competem à administração do condomínio.

Nada como conversar e debater ideias entre vizinhos para evitar conflitos. A DECO pode apoiar!

A DECO sempre consigo!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.