Receba a nossa newsletter com as histórias de Lisboa 🙂

Carlos Moreno, a rock star do urbanismo e criador do conceito de Cidade de 15 minutos, esteve em Lisboa num debate transmitido em direto pela Mensagem. O urbanista colombiano foi acompanhado de João Ferrão, professor do ICS, no lançamento da apresentação do colectivo Compromisso Cidades. A conversa anunciou-se sobre Proximidade, Diversidade e Acção Colectiva pelas Cidades e o debate foi moderado pelo jornalista Abel Coentrão.

Carlos Moreno voltou a explicar o seu conceito de cidade de 15 minutos que implica uma visão das cidades através do tempo que gastamos com elas e nelas. Devemos estar a 15 minutos a pé ou de bicicleta de todas as coisas de que precisamos para satisfazer as nossas necessidades básicas.

“O silêncio da cidade no confinamento mostrou-nos a importância da cidade”, disse. “Mas perdemos a frugalidade. Além disso o modo de vida que temos não é durável. Temos de retomar o estilo de vida capaz de dar humanidade à cidade, que se perdeu pelo produtivismo e consumismo.”

A conversa, ao vivo, foi na Livraria Ler Devagar, mas o debate pode ser agora visto aqui – no facebook da Mensagem.

Carlos Moreno está em Lisboa para encerrar a grande conferência de bicicletas Velo-city, com a presença dos presidentes da Câmara de Lisboa, Liubliana, Singapura e um ministro da região de Bruxelas – moderada pela diretora da Mensagem, Catarina Carvalho.  

Quem quiser saber mais sobre Carlos Moreno e o seu conceito que inspira a presidente da Câmara de Paris a mudar a cidade pode ler a entrevista que a Mensagem lhe fez, aqui e o trabalho de Manuel Banza, aplicando o conceito a Lisboa.

Mais informações sobre o encontro de hoje e a nova plataforma aqui.

Entre na conversa

1 Comentário

  1. Como é que ele pode ser o criador do conceito da cidade de 15 minutos se esse conceito já existe há décadas em bairros como Alvalade e Olivais?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.