Receba a nossa newsletter com as histórias de Lisboa 🙂

Publicado emCrónica

Matar o amor à fome

Havia um amor estragado no meu prédio. Quando os vi juntos, soube que aquilo não podia durar muito. Ele era mais novo, ela melhor. Como não viram isto nem eu sei, mas espantei-me com os gestos que ela lhe metia de graça à frente. Subia as escadas do prédio às onze da noite e toda […]