tomas-halajcik/unsplash

Ande para baixo para ler em português.

When we started Mensagem de Lisboa, a year and a half ago, we received some feedback from many of the expats and immigrants living in Lisbon. They were basically happy that through our stories they got to know better the city they had chosen to be their town. What they told us made us feel proud – they said: at last! 

They couldn’t find much information in English, not the one that could help them navigate throughout the important issues going about town. Urban matters, community building or even inspiring stories about Lisboa. They wanted to feel part of the city. 

Of course Google gives you the chance to read anything you want in any language – but people told us they not getting the total gist of some of the articles, especially those written in a more literary way. 

So this meant that there was one communties of the city’s needs we were not serving.

We organized two events about elections in english, which were the most attended at Brasileira do Chiado. That was a good warm up.

Not any more: today we are starting a new English edition! 

CHECK HERE OUR ENGLISH EDITION

The idea is to provide our english speaking readers with a few translations of the most important articles per week, a new onboarding newsletter (starting next week and that you can subscribe to here) and a few other surprises along the way (any suggestions just fill in the form below).  

This comes with the important support of a grant for translation by FLAD – the Luso American Foundation, and a partnership with the ONG New Locals – who have been with us since the beginning of this idea. People of Lisbon, our old time partners, are in it too.

We hope to grow to more and more partners, as we are well aware that the new local community in Lisbon is vibrant and wants to be part of a better city.

If you are wiling to join us in any way – fill this form and send it to us!

Hope to see you around 🙂

Agora em português…

Quando começámos a Mensagem de Lisboa, há um ano e meio, recebemos feedback de muitos dos expatriados e imigrantes, enfim, estrangeiros que vivem em Lisboa. O que nos disseram fez-nos sentir orgulhosos – disseram sobretudo: finalmente! 

Isso parece um pouco gabarolas. E é, mas basicamente significava que essa comundade não conseguia encontrar qualquer tipo de informação em inglês que a pudesse ajudar a navegar pelos assuntos importantes da cidade – fossem eles assuntos urbanos, comunitários ou mesmo o que é tão inspirador sobre Lisboa.

Ah, e enquanto muitos aprendiam português, queriam mesmo começar a sentir-se parte da cidade. Muitos dos estrangeiros que têm vindo viver para Lisboa começam a ser olhados de form enviesada por uma cidade em crise de habitação. Mas a verdade é os que nos chegam vêm com amor pela cidade que escolheram para ser deles. E é a esses que mais falta faz a informação sobre ela.

Não são eles os responsáveis pelos efeitos económicos e sociais da sua vinda, como o de fazer subir as rendas, ou fazer escassear as casas. Eles estão aqui porque escolheram amar esta cidade. Não é responsabilidade deles que as regras e a política seja má ou não os enquadre como devia. Os estrangeiros em Lisboa, entre imigrantes, expatriados, estudantes ou reformados constituem mais de 20% da população da cidade.

Sendo assim são uma das comunidades que é missão da Mensagem conectar. O que podemos fazer para torná-los mais próximos, mais parte deste todo? Começámos a pensar no assunto e até organizámos dois eventos sobre eleições em inglês, que foram dos mais participados na Brasileira do Chiado, o que foi um bom aquecimento.

Também nos disseram que tinham medo de não obter a essência total de alguns dos artigos, especialmente aqueles que tinham uma forma mais literária. 

Aí começámos a pensar no que poderíamos fazer para cobrir as necessidades desta comunidade de Lisboa – que, sim, é uma comunidade importante e alheia a muitos dos problemas que uma mápolítica de integração tem causado na cidade. Até organizámos dois eventos sobre eleições em inglês, que foram dos mais participados na Brasileira do Chiado, o que foi um bom aquecimento.

Então agora… tchan nanana: aqui estamos nós! Estamos a começar um novo serviço inglês!

Forneceremos aos nossos leitores algumas traduções na língua inglesa dos artigos mais importantes por semana, uma nova newsletter (a partir da próxima semana e que pode subscrever aqui) e algumas outras surpresas pelo caminho (quaisquer sugestões basta preencher o formulário em cima).  

Esta iniciativa vem com o importante apoio de tradução da FLAD – Fundação Luso Americana, e uma parceria com a ONG New Locals – que tem estado connosco desde o início. Os nossos velhos parceiros do People of Lisbon também estão cá.

Esperamos crescer para mais e mais parceiros, e estamos bem conscientes de que a nova comunidade local em Lisboa é vibrante e desesperada por fazer parte da solução para uma cidade melhor. Se estiver disposto a juntar-se a nós de alguma forma – preencha o formulário em cima e envie-o! Esperamos vê-lo por aí – e partilhe com os seus amigos esta ideia.


O jornalismo que a Mensagem de Lisboa faz dantes pagava-se com anúncios e venda de jornais. Esses tempos acabaram – hoje são apenas o negócio das grandes plataformas. O jornalismo, hoje, é uma questão de serviço e de comunidade. Se gosta do que fazemos na Mensagem, se gosta de fazer parte desta comunidade, ajude-nos a crescer, ir para zonas que pouco se conhecem. Por isso, precisamos de si. Junte-se a nós e contribua:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *