Receba a nossa newsletter com as histórias de Lisboa 🙂

A Mensagem de Lisboa acaba de receber o prémio Gazeta de Imprensa Regional do Clube de Jornalistas. No nome Prémio de Imprensa Regional, dado pelos mais prestigiados prémios do jornalismo português, os Gazeta, nada nos comove mais do que a palavra “regional”. Ela revela a essência do que queremos ser – falar de Lisboa e a sua região. É essa a dimensão do nosso trabalho, a que mais nos dignifica e onde melhor podemos ser exemplo. Sim, é dessa Lisboa que falamos e por isso trabalhamos para ser reconhecidos. Em todo o país. Começámos há pouco e queremos ir cada vez mais longe.

Obrigada ao Clube de Jornalistas por este prémio e pelas suas palavras:

“A Mensagem de Lisboa, jornal online, nascido em plena pandemia, com sede num café e que trouxe uma abordagem diferente ao jornalismo local, do qual se reclama. Um jornal online, focado nas histórias da cidade de Lisboa e dos lisboetas que, simultaneamente, fomenta aquilo o que apelida de jornalismo comunitário. Com um cuidado na escrita e na imagem com que se apresenta, A Mensagem de Lisboa foi a escolha da Direcção do CJ nesta edição.”

O Prémio Gazeta de Mérito foi para o grande, grande jornalista Fernando Dacosta pela sua imaginativa e culta carreira entre os livros e o jornalismo.

O prémio Gazeta de Televisão foi para Carlos Rico, da Sic, o de Imprensa para Joana Pereira Bastos, do Expresso, o de Rádio para Nuno Guedes, da TSF, de Multimédia para Reinaldo Rodrigues, o de Fotografia para Tiago Miranda, do Expresso, e o Gazeta Revelação foi para Márcia Sobral, da TVI.

Os prémios serão entregues no dia 16 de novembro. Os Prémios Gazeta, iniciativa anual do Clube de Jornalistas, têm o apoio principal da Câmara Municipal de Lisboa e da Associação Mutualista Montepio.

O júri fo composto por Eugénio Alves (CJ), que presidiu, Cesário Borga (CJ), Eva Henningsen (Associação da Imprensa Estrangeira em Portugal), Fernanda Bizarro (jornalista), Elisabete Caramelo (professora universitária), Dina Soares (jornalista), Fernando Cascais (professor universitário e formador do Cenjor), José Rebelo (professor jubilado do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa), Inácio Ludgero (fotojornalista) e Paulo Martins (jornalista e professor universitário).


O jornalismo que a Mensagem de Lisboa faz dantes pagava-se com anúncios e venda de jornais. Esses tempos acabaram – hoje são apenas o negócio das grandes plataformas. O jornalismo, hoje, é uma questão de serviço e de comunidade. Se gosta do que fazemos na Mensagem, se gosta de fazer parte desta comunidade, ajude-nos a crescer, ir para zonas que pouco se conhecem. Por isso, precisamos de si. Junte-se a nós e contribua:

Entre na conversa

4 Comentários

  1. Avec tous mes sincères compliments ! Je connais votre Journal grace à mon amie Manuela NOGUEIRA d’Estoril, une grande dame que j’admire.
    Marie-Claire FICHET

  2. Parabéns Mensagem de Lisboa!! Obrigado por tudo o que têm feito, tem sido um prazer!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *