Google GNI Mensagem

Receba a nossa newsletter com as histórias de Lisboa 🙂

A Mensagem foi escolhida para participar na primeira edição do Google News Initiative Startups Lab na Europa. Ficámos entre os 10 selecionados – dos 120 concorrentes, de 28 países – pelo potencial de inovação, jornalística e de negócio deste projeto.

O programa, que vai arrancar já em novembro, foi criado pela Google, organizado pelo European Journalism Centre (EJC) e realizado pelo hub de inovação alemão Media Lab Bayern. Visa precisamente apoiar o jornalismo de qualidade, inovador, que atua nas comunidades locais, novas audiências e públicos não servidos pela oferta atual dos media.

Segundo os organizadores, os concorrentes demonstraram que a cena das startups de media europeia está bem viva, com um “uma variedade impressionante de jornalismo independente – de investigativo, a novas iniciativas locais ou específicas de comunidades pouco cobertas pelos media”.

“Estas startups dão voz a comunidades que não são cobertas pelos media, ajudam a preencher espaços em branco deixados pela oferta de media atual e estão a explorar o futuro do jornalismo de qualidade na Europa. Estamos muito honrados de ajudá-los a alcançar o próximo passo do seu desenvolvimento”, diz o Media Lab.

Numa primeira fase, 18 equipas estiveram num workshop de quatro dias sobre audiências e necessidades, e desenvolvimento de produtos, findo o qual foi realizado um pitch. O júri constituido por um membro da Google Startups Lab, da Media Lab Bayern e do EJC, assim como um representante do mundo das start-ups, Douglas Arellanes, escolheu então os dez selecionados para o programa. Na decisão pesaram fatores como o nível de maturidade, a criatividade e a experiência dos fundadores.

O programa vai durar seis meses, com workshops, coaching e networking. No final, haverá uma bolsa de 25 mil euros para um projeto de receitas inovador – na senda da sustentabilidade.

Os participantes estão em 8 países da Europa: França, Itália, Malta, Portugal, Roménia, Eslovénia, Espanha e Reino Unido.

Leia mais informações aqui.

Entre na conversa

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.